Notícias

Atividades marcam Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa na Rodoviária do Gama

(Brasília, 17/6/2015) – Mais de 50 pessoas estiveram reunidas, na segunda-feira (15), na Rodoviária local para garantir o respeito ao idosos na marcha marcada para lembrar o dia 15 de junho, Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e visa sensibilizar a sociedade em prol do combate à violência contra idosos e a disseminação do entendimento da violência como violação aos direitos humanos. O objetivo é garantir o envelhecimento de forma saudável, tranquila e com dignidade.

O ato de sensibilização contou com a participação de idosos da comunidade, da coordenação do Programa de Atenção Integral à Saúde do Idoso (Paisi), da regional do Gama-DF, Equipe de Terapia Ocupacional do Hospital Regional do Gama, da Coordenação Geral de Polícia Comunitária do Gama,do Sindicato dos Aposentados do DF e da Administração Regional do Gama que realizarão ações conjuntas. Foram distribuídos folders, houve apresentação teatral e macha pela Rodoviária do Gama para enfrentamento da violência contra o idoso na região.

No Brasil, a população passa por uma mudança em suas características demográficas, principalmente com o crescimento expressivo das pessoas com mais de 60 anos – em especial do subgrupo de mais de 80 anos. Existem quase 20 milhões de pessoas idosas no país. Isso representa 11% da população, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Projeções mostram que em 2050 haverá duas vezes mais idosos do que crianças no Brasil. A violência contra a pessoa idosa não está relacionada apenas a agressão física. A negligência, por exemplo, foi a principal forma de violência praticada contra os idosos brasileiros nos últimos três anos. Em 2014 representou 76,3% das denúncias recebidas pelo serviço Disque 100 – da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR). O descuido é caracterizado pela omissão dos familiares ou instituições responsáveis pelos cuidados básicos para o desenvolvimento físico, emocional e social da população a partir dos 60 anos. A negligência caracteriza-se de diversas formas como: privação de medicamentos, descuido com a higiene e saúde, ausência de proteção contra o frio e o calor.

Galeria de fotos. Clique aqui!

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Portal de Notícias Gama Cidadão o
Fechar
%d blogueiros gostam disto: