Já estão abertas as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade e Jovens sob Medida Socioeducativa (Enem PPL) e seguem até o próximo dia 4 de outubro. Para isso, responsáveis pedagógicos de cada unidade prisional devem realizar a inscrição, pela internet, no sistema do Enem PPL 2019. Contudo, os órgãos de administração prisional e socioeducativa devem firmar um termo de compromisso junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) até o dia 27 de setembro, conforme o edital.

As provas do Enem PPL devem ser aplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro desse ano. Assim, os candidatos que concluíram o ensino médio ou devem concluir até o final do ano poderão utilizar as notas do exame para concorrer a uma vaga no ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), por exemplo. 

Àqueles participantes que não concluirão o ensino médio este ano também está garantido o direito de fazer a prova. No entanto, eles só poderão utilizar os resultados individuais para autoavaliação de conhecimentos.

A partir desta edição, o Enem PPL também atenderá pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia, surdez e deficiências física, auditiva e intelectual.

*Com informações do Inep

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

By Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial