Governador Ibaneis recebe chuva de críticas nas redes sociais

Em nota divulgada pelo Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT), a Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus) quer ter acesso a todas as informações sobre irregularidades na gestão da Secretaria de Saúde do DF. Segundo as declarações do governador do DF, Ibaneis Rocha, nesta terça-feira (03), existe uma “máfia” dentro do sistema de licitações e contratos do DF, há “corrupção na maior forma possível”.

“Eu não sei onde está o Ministério Público que não fez, não prendeu os que estão lá dentro”, afirmou.


A ex-deputada distrital, Kelly Bolsonaro (Patriotas), atual coordenadora da Juventude, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, postou em seu perfil no Facebook, duras críticas ao governador do DF, Ibaneis Rocha.

Kelly Bolsonaro

Ibaneis, a segurança do DF é de responsabilidade sua e do seu secretário de segurança! O Moro não tem nada a ver com sua política de segurança pífia. Governador, você  está procurando orelha em frango, por favor faça o seu dever de casa e PARE de responsabilizar os outros pelas mazelas do DF. Se o senhor não tem competência para administrar o DF, não culpe as pessoas e principalmente o Ministro Sérgio Moro.”, enfatiza Kelly Bolsonaro

Até o ex-governador Rodrigo Rollemberg, reapareceu também com duras críticas ao governador do DF.

“Em 2019, procurei ficar afastado dos assuntos de política da cidade até para dar tempo do governador, Ibaneis Rocha começar a governar. Mas hoje ao assistir a sua entrevista no Bom Dia DF, da TV Globo, não aguentei ficar calado”. disse o ex-governador Rodrigo Rollemberg

O deputado distrital Leandro Grass (Rede) pediu nesta terça-feira (03), que o Secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, seja denunciado por crime de responsabilidade. Ele também comentou na postagem do Instagram do ex-governador Rollemberg

Deputado distrital Leandro Grass. Foto/Ascom do deputado Grass

“Realmente. O governador precisa explicar muita coisa. Estamos assistindo ao maior estelionato eleitoral da história do DF”, completa o deputado Leandro Grass

Da redação do Gama Cidadão – 04/03/2020