Ciência e tecnologiaDestaque (Slide Show)NegóciosNotícias

Ministro Marcos Pontes dá uma lição de empreendedorismo

Em palestra na Campus Party, Marcos Pontes reforçou a importância dos jovens empreendedores para o futuro do país

O primeiro astronauta brasileiro tornou-se Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do governo brasileiro. Na Campus Party, evento de tecnologia e empreendedorismo que acontece esta semana em São Paulo, Marcos Pontes deu importantes lições para concretizar projetos pessoais.

À frente de um público formado, majoritariamente, por jovens empreendedores e aficcionados por tecnologia, ele tocou em pontos importantes para o desenvolvimento do país. Marcos Pontes afirmou que irá diminuir a burocracia através da digitalização de diversos processos governamentais. O ministro também prometeu implementar ensino de tecnologia na educação pública. Além disso, revelou que Brasília está no processo de se tornar uma cidade inteligente.

Entretanto, foi quando relacionou sua história de vida com o empreendedorismo que Marcos Pontes realmente se conectou com sua audiência. “A pergunta que devemos fazer aos jovens não é ‘o que você vai ser quando crescer’, mas ‘como você vai contribuir para o mundo quando crescer'”, disse.

A conclusão de sua palestra, na íntegra:

“Ninguém é responsável pela sua falha. Você é o responsável por reverter essa falha em sucesso. O momento em que você assume a responsabilidade sobre as coisas que você quer, sobre seus sonhos, é o momento que cria um ponto de inflexão na sua vida. Você vê como as coisas começam a convergir a seu favor. Então você precisa assumir a responsabilidade tanto pelo que você fez de errado quanto pelo que você quer fazer de certo. Não deixe a culpa para outra pessoa, para sua mãe, seu pai, o Estado, o governo ou seja lá quem for. A gente existe para abrir caminho para vocês. Mas o protagonista tem que ser você. Você é o empreendedor. Você tem que ser a pessoa que levanta a bandeira daquilo que você acredita quando ninguém fala que isso é possível”, disse.

“Quando meus amigos, lá na infância, falavam que eu não ia conseguir ser piloto, quando diziam que isso era coisa de filho de rico, eu cheguei em casa e minha mãe, a dona Zuleica, olhou para mim com seus olhos azuis e me falou assim: ‘você pode ser tudo o que quiser na vida, desde que estude, trabalhe, persista e sempre faça mais do que o que esperam de você’. E ela estava certa. Foi exatamente isso que eu pensei quando olhei o azul da terra do espaço, pela primeira vez, e era o mesmo azul dos olhos da minha mãe. ‘Trabalhe, persista, estude. Faça mais do que esperam de você e chegará aonde quiser’. Que todos vocês tenham muito sucesso”, concluiu.

Por: João Ortega
Da Redação do Startse – 15 de fev de 2019 às 18:05

Tags

Artigos relacionados

Portal de Notícias Gama Cidadão o
Fechar