Destaque (Slide Show)NotíciasPolítica

Pagamento do auxílio emergencial começa a partir da semana que vem

O governo federal irá liberar um aplicativo para saque do auxílio emergencial de R$600

Um aplicativo será lançado pelo Governo Federal para inscrição dos trabalhadores informais a fim de que possam receber o auxílio emergencial de R$ 600. A liberação desse auxílio foi publicado no Diário Oficial de quinta-feira (2) já liberação desse aplicativo está marcado para terça-feira (7) de Abril.

Fiquem atentos pois o Governo Federal também vai aceitar o cadastramento pelo site e telefone. Para mais informações: 0800 707 2003.

Na próxima segunda-feira (6), o governo liberar o calendário de pagamento dos valores desse auxílio. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (3), e segundo o ministro da Cidadania, Onix Lorenzoni, a intenção do Planalto é pagar os valores antes da Páscoa.

Tal medida deverá beneficiar 20 milhões de informações durante o período em que estivermos em uma pandemia de coronavírus também aqueles que não estão no cadastro único (CADúnico).

A realização dos pagamentos, segundo estipulou o governo federal, será feito pela Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e também com auxílio de bancos privados.

Ou seja, diferentemente do que havia sido publicado inicialmente, trabalhadores informais que possuam conta em outros bancos, que não seja a Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, poderão receber o pagamento dos R$600 diretamente em suas contas já existentes. Porém é válido salientar que ainda não foi definido quais bancos privados que vão estar habilitados para o pagamento deste benefício.

Haverá uma central de atendimento para tirar as dúvidas da população. A mesma já está sendo preparada para começar os atendimentos a partir da semana que vem.

Segundo informações do governo federal na segunda-feira serão repassados os maiores detalhes em relação ao aplicativo ao site e a central de atendimento telefônico.  O intuito do governo é que os beneficiários possam acessar de várias maneiras a base de dados.

Cuidado com golpes e fake news

Mal foi sancionado este auxílio-emergencial que tem como objetivo ajudar pessoas de baixa renda e informais durante o período de pandemia de coronavírus. Nós já temos na praça pessoas aplicando golpes que disseminando Fake News acerca do benefício.

Fica o alerta para o fato de que estão circulando muitas informações falsas nas redes sociais. Segundo o governo federal até agora não foi lançado nada ainda, então qualquer aplicativo que a população esteja vendo não é o oficial lançado pelo governo. É importante que as pessoas saibam que o único aplicativo que concentrará todas as informações e acesso à base de dados é o que estão implantando e será disponibilizado semana que vem a partir de terça-feira (7).

A Polícia Federal (PF) tem feito um alerta para esses golpes do auxílio emergencial do coronavírus onde criminosos estão usando o pagamento do benefício para atrair as vítimas.

Em um dos golpes que está circulando na praça a pessoa recebe uma mensagem que afirma que ela tem direito ao auxílio de R$ 600. Informando Ainda que para isso é preciso fazer um agendamento em um site.

O link do site em questão leva às pessoas para um site falso. Nesse os golpistas estão utilizando, inclusive, a logomarca do Governo Federal. Seguindo o mesmo molde de sites que vendem produtos milagrosos para emagrecimento e problemas de ereção ou aqueles famosos trabalha em casa e tire uma renda extra, os golpistas montaram sites muito bem elaborados colocando até depoimentos de quem supostamente já teria feito o agendamento.

É por meio destes sites que os criminosos estão conseguindo os dados das vítimas, podendo abrir contas, fazer compras e contrair vários tipos de dívidas.

Além da utilização de falsos sites com pistas também estão utilizando o WhatsApp para aplicar em seu golpes. Além de mensagens prometendo material de limpeza e máscaras para beneficiários do Bolsa Família, os golpistas estão mandando mensagens dizendo que as pessoas têm direito a sacar inicialmente R$ 470, mas precisam fornecer seus dados pessoais.

É preciso que se tenha muito cuidado e não saia clicando em links enviados em grupos ou mensagem privada de pessoas desconhecidas. É válido salientar que alguns tipos de golpes por meio de aplicativos de mensagens são configurados com inscritos que faz com que ele seja enviado para todos os contatos daquela pessoa que clica em links. Desta maneira caso você receba alguma mensagem prometendo inclusão no auxílio de R$ 600 oriunda de algum contato seu cheque com a pessoa a veracidade da informação.

Quem terá direito a esse auxílio

De acordo com a lei, receberão este auxílio-emergencial quem cumprir as seguintes condições:

  • Ser maior de 18 anos
  • Não tenho emprego formal
  • Não está recebendo benefício assistencial ou do INSS ou fazendo parte de qualquer outro programa de transferência de renda do governo, com exceção do Bolsa Família
  • Que possua renda familiar, por pessoa, de até meio salário mínimo. O que dá R$ 522 hoje. Ou renda mensal familiar de até três salários mínimos. O que dá em torno de R$ 3135.
  • Que tenha recebido no ano de 2018 renda tributável menor do que R$ 28559,70

O futuro o beneficiário Deverá ainda cumprir pelo menos uma destas outras condições:

  • Exercer atividade como MEI (microempreendedor individual)
  • Ser contribuinte individual ou facultativo da previdência no plano simplificado ou no de 5%
  • Trabalhar como informal empregado, desempregado, autônomo ou intermitente, inscrito no cadastro único até 20 de março desse ano ou que faça autodeclaração e entregue ao governo.

As mães que são chefes de família terão direito a receber uma cota dobrada o que dá R$ 1200 por mês. Esse benefício está previsto para ser pago por 3 meses e cada família terá direito até duas cotas.

Até o momento pessoas que sejam proprietárias de microempresas que estejam passando por sérias dificuldades financeiras e tenham obtido rendimento tributáveis abaixo de R$ 28559,70 também poderão pleitear este benefício.

O cadastro para pleito a este benefício deverá ser feito pelos canais oficiais disponibilizados pelo Governo Federal por meio do site, aplicativo e telefone.

Mais detalhes serão repassados na segunda-feira. Fiquem ligados que seguiremos acompanhando o processo é informando a vocês.

Da redação do Gama Cidadão – 04/04/2020

Tags

Lucas Lieggio

Editor Jornalista nº. DRT nº 8259 - DF, Multimídia e Social Media.

Artigos relacionados

Fechar