Eleições 2018NotíciasPolítica

PSB vai entrar com representação contra Eliana Pedrosa por propaganda enviada por perfil falso

Advogados do PSB vão entrar com uma representação na Justiça Eleitoral contra a campanha da ex-distrital Eliana Pedrosa, candidata do Pros ao Palácio do Buriti. Eles argumentam que o grupo da ex-parlamentar teria usado a foto de uma mulher morta para criar um perfil falso no WhatsApp e disseminar propaganda antecipada de Eliana.

Os representantes do partido de Rodrigo Rollemberg vão anexar ao documento imagens da mensagem, enviada a partir de um telefone celular com DDD 64, da região de Rio Verde, em Goiás. O texto menciona uma pesquisa de opinião, em que Eliana Pedrosa demonstraria “grande potencial de crescimento”.

Na tela, associada ao número de celular, aparece a foto de uma jovem loira usando óculos. A foto é de Kelly Cadamuro, assassinada no ano passado de maneira brutal. Aos 22 anos, a moça foi estuprada e morta depois de dar carona a um desconhecido. Jonathan Pereira do Prado, de 33 anos, acabou preso, depois de confessar o crime.

Criminal e eleitoral

Os advogados do PSB entrarão com representação nas áreas criminal e eleitoral. Eles acusam pessoas ligadas à campanha de Eliana Pedrosa de falsidade ideológica, pelo uso da imagem de Kelly Cadamuro.

Os representantes de Rollemberg querem saber quem financiou o envio das mensagens e de quem é o número de celular. Eles também apontam a realização de propaganda irregular. A campanha eleitoral só é autorizada a partir de 16 de agosto.

A pré-candidata do Pros, Eliana Pedrosa, afirma que a mensagem não saiu de sua equipe de campanha e afirma que não pode controlar o envio de material com menções ao seu nome. “Isso é uma coisa descabida, qualquer pessoa pode ter enviado a mensagem com esse perfil, até mesmo alguém com o interesse de nos prejudicar”, disse Eliana.

Reprodução

CB Poder –  04/08/2018 – 19:32

Artigos relacionados

Portal de Notícias Gama Cidadão o
Fechar
%d blogueiros gostam disto: