Terceirizados estão há quase um mês sem salários e paralisam os serviços a escolas públicas do DF

img

Cerca de 300 merendeiras e trabalhadores dos serviços gerais das escolas públicas do DF estiveram reunidos nesta quarta-feira (25), no Palácio do Buriti para reivindicar o pagamento dos salários e benefícios como transporte e alimentação atrasados.

Segundo Edna Dantas merendeira que foi demitida por participar de outros protestos. As empresas contratadas pelo GDF, G&E Eventos e Juiz de Fora nunca pagaram em dia os salários sempre pagaram com atraso. Os nossos compromissos não esperam. Muitos dos funcionários estão endividados com salários atrasados todos os meses. Não podemos esperar mais e nem aceitar novos atrasos. “Hoje fez 25 dias em atraso e sempre foi assim”, enfatiza.   

De acordo com o Rogério Ferras do Sindicato Sindi Serviços DF, o GDF já repassou para as empresas terceirizadas e até o momento as empresas não pagou para os trabalhadores, disse.  

Com salários atrasados, trabalhadores que prestam serviços a escolas públicas fazem protesto.

Da Redação do Gama Cidadão

Tags

Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios