A ideia do governo é que com esse singelo concurso as administrações regionais resolveram colocar seus blocos na rua para que resolva o problema da buraqueira persistente há muito tempo nas nossas cidades.

O chefe do executivo ainda não divulgou detalhes deste concurso nem qual será o prêmio pago ao vencedor.

O que sabemos é que os administradores foram todos intimados a participar deste concurso. O desafio foi lançado na sexta-feira dia 29 durante uma cerimônia no Palácio do Buriti feito pelo próprio governador.

Denominada de BURACO ZERO o concurso segundo o governo a operação tem por objetivo resolver o problema da buraqueira das 33 regiões do Distrito Federal. Aí o administrador que consegui dar fim a esse problema vai ser premiado pelo governo.

Mas que premiação será essa e qual será o prazo para o encerramento deste concurso? Isso ainda não sabemos. O GDF alega que o concurso está em fase de estudo e antes de ser lançado definitivamente será feita uma avaliação em cada uma das regiões para saber quais são as reais condições. A partir daí pretende se iniciar o concurso.

E o governo ainda alfineta os demais administradores puxando sardinha para o Riacho Fundo II. Segundo o próprio GDF a administração local cobriu quase 100% dos buracos da cidade. Segundo eles também informam que essa Administração Regional tem gasto por mês uma média de 20 toneladas de massa asfáltica.

Enquanto as promessas feitas pelo governo não tem acontecido na sua totalidade temos mais essa novidade oriunda do GDF.

“Vem aí o 1º concurso tatu buraco de 2019!”

Por Lucas Lieggio
Da redação do Gama Cidadão.

By Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.