Aluno de projeto social apoiado pelo MPDFT embarca neste final de semana para os EUA

Há um ano, o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) divulgou a história do adolescente Ivanildo de Jesus das Neves, então com 15 anos, filho de catadores de resíduos sólidos. Leia aqui. Atendido pelo projeto social “Juventude em foco”, que conta com o apoio da instituição, ele ganhou uma bolsa para estudar e jogar futebol nos Estados Unidos durante um ano. O sonho esbarrou em algumas dificuldades, mas o adolescente embarca para essa aventura no próximo domingo, 5 de janeiro.

O convite para morar um ano nos Estados Unidos veio em dezembro de 2018 e a viagem estava marcada para o primeiro semestre de 2019. Entretanto, o estudante reprovou no teste de Inglês e teve de aguardar mais um pouco. O Orlando City Soccer pagou um curso para Ivanildo, que se dedicou e conseguiu o visto.

Relembre a história

O adolescente, natural da Bahia, morava num barraco de madeira e lona próximo à Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB). Os pais, catadores de resíduos sólidos, montaram a casa com materiais encontrados no lixo. Em outubro de 2019, o local foi demolido pelo GDF. Após uma semana sem ter para onde ir, a família conseguiu um lugar para morar com a ajuda do futuro time do jogador. “Desde pequeno meu foco é ajudar a minha mãe. Em todos os momentos difíceis ela estava do meu lado. Quero dar uma casa pra ela”, disse.

Ivanildo é um dos alunos do projeto “Juventude em foco”, que há três anos oferece atividades de teatro, música, dança, esporte e educação no contraturno escolar para crianças e adolescentes da Candangolândia, do Núcleo Bandeirante e do Park Way em situação de vulnerabilidade social.

O professor de futebol Mauro Faria é voluntário do projeto, que atende mais de 150 estudantes. Ele também é treinador da Escola de Futebol do Orlando City em Brasília. Ele relembra como tudo aconteceu. No campeonato de 2018, ele selecionou alguns alunos do projeto para participar de uma competição pelo Orlando City e entre eles estava Ivanildo. Um dos diretores do time norte-americano assistiu à partida e se encantou com o adolescente em campo. Ao final da competição, Ivanildo ganhou uma bolsa de um ano para estudar e jogar pelo Orlando City.

“Todos ficamos muitos felizes por ele. Atendemos crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e será uma oportunidade única”, conta o professor Mauro. “Além do Ivanildo, temos outros tantos talentos. Mesmo que eles não se tornem atletas profissionais, queremos ampliar as perspectivas deles”, completou.

O MPDFT tem destinado recursos de medidas alternativas, fianças e condenações por atos de corrupção a várias instituições da cidade. O projeto “Juventude em foco” é um dos beneficiados e utiliza a verba para comprar material esportivo.

Com informações do MPDFT – 03/01/2019