Brasil vence Nova Zelândia por 3 a 0 no Estádio Bezerrão, no Gama

O Brasil derrotou a Nova Zelândia por 3×0, em mais um jogo da Copa do Mundo Sub-17 realizado na Arena do Bezerrão. Com a vitória garante vaga nas oitavas de final do mundial. Os gols da Seleção foram marcados por Kaio Jorge, do Santos, Thalles Magno, no Vasco, e Diego Rosa, do Grêmio.

Com a vitória, a Seleção chegou a seis pontos. Ficando na liderança isolada do grupo A. Na próxima, e última, rodada da fase inicial a equipe terá pela frente a seleção africana de Angola. O jogo acontecerá na sexta-feira (01) de novembro, às 20h, no Estádio Olímpico, em Goiânia.

Ainda que não tenha conseguido repetir o bom futebol apresentado na primeira rodada. Com a vitória sobre a Nova Zelândia o Brasil está classificado para as oitavas de final da Copa do Mundo Sub-17.

Expulsão na Seleção

Aos 41 minutos do primeiro tempo, o lateral-direito Yan Couto foi expulso após revisão do VAR. O jogador saltou para disputar uma bola e, quando caiu, pisou na coxa do atleta neozelandês. Com um homem a menos, a Seleção passou a ter menos volume de jogo, porém não sofreu em nenhum momento durante a partida.

Ampliando o placar

No segundo tempo o Brasil ainda conseguiu ampliar o placar em uma trapalhada da Nova Zelândia. A bola foi recuada para o goleiro, Paulsen, que não conseguiu dominá-la. Talles Magno aproveitou-se disso e apenas teve o trabalho de tocar a bola para o gol.

11 minutos depois, a Nova Zelândia voltou a errar na saída de bola e o Brasil aproveitou novamente. Depois de inversão errada do zagueiro adversário, Diego Rosa recuperou a posse, avançou em velocidade e tocou na saída do goleiro. Com isso a seleção sacramentou o placar.

Já classificados para a próxima fase, Brasil e Angola se enfrentam na próxima sexta-feira, às 20h, no estádio Olímpico, em Goiânia, valendo a primeira colocação do Grupo A. Em caso de empate, o Brasil fica na frente.

A FIFA valorizando a acessibilidade

Em mais um jogo que aconteceu na Arena Bezerrão, no Gama, podemos observar que a organização vem pensando em tudo e todos. A valoração a acessibilidade fez com que muitos deficientes fossem ao estádio. Muitos cadeirantes foram vistos assistindo a partida.

Um garoto cadeirante e um jogador da Seleção

Jogador da Seleção Talles Magno e Brayan. Crédito: Divulgação FIFA

O garoto e cadeirante, Brayan, ganhou presente. Além da vitória da Seleção o menino cadeirante ganhou as chuteiras do jogador brasileiro Talles Magno. Uma alegria imensa para o garoto Brayan.

Entre os milhares de torcedores que foram prestigiar a Seleção Sub-17, estava Brayan.

Brayan, em sua cadeira de rodas, assistiu atentamente cada lance do camisa 11 no jogo ao lado da mãe. Morador da região do Gama, Brayan levou sua camisa da Seleção para tentar conseguir mais um autógrafo de peso, já que tinha a assinatura de ninguém menos que Ronaldinho Gaúcho.

– Ele já entrou em campo com o Neymar, conheceu o Philippe Coutinho também – contou a mãe de Brayan, que fez de tudo para mobilizar a organização do jogo para que o filho tivesse o encontro com Talles Magno. E deu certo.

Sempre com sorriso no rosto e muito gentil, o atacante brasileiro encontrou o menino na saída da zona mista, após atender os jornalistas. Talles abraçou Brayan, tirou foto e assinou a camisa do fã.

Brayan voltou para casa com a camisa autografada por mais um ídolo do futebol. Talles retornou à concentração com os três pontos da vitória sobre a Nova Zelândia e a certeza de que fez mais uma criança muito feliz e realizada.

Nós do Gama Cidadão vamos acompanhar de perto toda essa história. E já tivemos a informação exclusiva da FIFA de que no início da final do campeonato o garoto Brainer vai entrar junto com os jogadores em campo.

Galeria de fotos

© Getty Images. Crédito: Divulgação FIFA

© Getty Images. Crédito: Divulgação FIFA

© Getty Images. Crédito: Divulgação FIFA

© Getty Images. Crédito: Divulgação FIFA

Galeria de fotos do Israel Carvalho do Gama Cidadão:

Foto: Israel Carvalho / Gama Cidadão. Crédito: Divulgação FIFA

Foto: Israel Carvalho do Gama Cidadão. Crédito: Divulgação FIFA

Diretor de Articulação da ADM Gama, Ítalo Miranda, sua esposa e amigos. Foto: Israel Carvalho / Gama Cidadão. Crédito: Divulgação FIFA

Morador do Gama, e o Diretor-Presidente da Associação dos Deficientes do Gama e Entorno – ADGE, Helcio Gomes (cadeirante), e o Sr. Flavio Pereira (cadeirante). Foto: Israel Carvalho / Gama Cidadão. Crédito: Divulgação FIFA

Professor/diretor do colégio CEF 01 do Gama, Oswaldo Azevedo e família. Foto: Israel Carvalho / Gama Cidadão. Crédito: Divulgação FIFA

Conselheiro Tutelar do Gama, Ailton Miranda e jornalista, Valter Santana. Foto: Israel Carvalho / Gama Cidadão. Crédito: Divulgação FIFA

Conselheiro Tutelar do Gama, Walyson Lourenço. Foto: Israel Carvalho / Gama Cidadão. Crédito: Divulgação FIFA

Ex-governador José Roberto Arruda e o ex-administrador de Santa Maria Ricardão no Jogo do Brasil e Nova Zelândia, no Estádio Bezerrão do Gama. Crédito: Divulgação FIFA

Ex-governador José Roberto Arruda, juntamente com Ernesto Gold, e o Nicolas Gold, seu Filho e a esposa Dra. Fabiana. Crédito: Divulgação FIFA

Brayan. Crédito: Divulgação FIFA

Crédito: Divulgação FIFA

Por Israel Carvalho
Com colaboração de Lucas Lieggio
Da redação do Gama Cidadão – 29/10/2019

Leia mais: Brasil faz dever de casa e ganha na estréia do Mundial Sub-17