Centro de saúde do Gama deve atender 10 mil pessoas por dia após reforma

Os pacientes do Centro de Saúde 5 do Gama serão atendidos em uma estrutura totalmente renovada. A unidade recebeu R$ 900 mil de investimento para recuperação completa do teto, piso e banheiros e manutenção das instalações elétrica e hidráulica, além da pintura. O local entrou em funcionamento hoje com a visita do governador Agnelo Queiroz, que conferiu as melhorias.

“Esta reforma faz parte do esforço concentrado do governo para recuperar toda a rede de saúde pública do Distrito Federal”, disse o governador, ao anunciar que o Centro de Saúde 1 também recebeu manutenção e será inaugurado ainda nesta semana. O chefe do Executivo regional também ressaltou o início da construção de um hospital no segundo semestre deste ano na cidade. A unidade terá 500 leitos e será um dos maiores e mais modernos do DF.

A nova estrutura do Centro de Saúde 5 possui uma sala de recepção, três de acolhimento para as equipes da Saúde da Família, laboratório, salas de vacinação e ambulatório, farmácia e arquivo. Além disso, contará com 12 consultórios nas áreas de clinica médica, infectologia, odontologia, ginecologia, pediatria e nutrição.

O centro é referência em atendimento HIV/AIDS para a região sul do DF, Gama e Santa Maria. O local também oferece atividades como ginástica, tai chi chuan, entre outras, além de programa de antitabagismo.

Os serviços serão prestados por pediatras, infectologista, clínicos, ginecologista, odontólogo, nutricionistas, assistentes sociais, enfermeiros e auxiliares de enfermagem.

A paciente Mariene Soares Barreira, 65 anos, procura mensalmente o serviço de saúde pública do Gama devido à artrose que a atinge há algum tempo. Ela já conferiu a nova estrutura da unidade recém-inaugurada e acredita que a ação melhorará a qualidade do atendimento. “Nós temos na rede pública os melhores profissionais de saúde. Com essas reformas, teremos um atendimento de excelência do Distrito Federal” afirmou.

Ampliação

O atendimento na área de Saúde do Gama recebe uma série de investimentos do Governo do Distrito Federal.  Desde 2011, foram entregues à população da região administrativa o Núcleo de Hematologia e Hemoterapia e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com 20 leitos.  Para este ano, estão previstas as reformas dos centros 2 e 8, do Posto Rural de Ponte Alta de Cima e do Hospital Regional do Gama. Haverá, ainda, a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e da Academia da Saúde.

Fonte: Agência Brasil