EducaçãoNotícias

Enem 2018: IBGE disponibiliza conteúdo para quem quer mandar bem na prova

O IBGEeduca reúne uma série de estudos com infográficos e links

Falta pouco para os cerca de 5,5 milhões de candidatos que tiveram suas inscrições confirmadas em todo o Brasil fazerem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nos dias 4 e 11 de novembro. Até lá, como conhecimento nunca é demais, os estudantes devem continuar focados nos estudos. E na internet, o que não falta é material para ajudar os candidatos a chegarem afiados na prova. Uma dessas opções é o IBGEeduca, criado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), que disponibiliza conteúdo educacional voltado para o Enem.

No Portal IBGEeduca, os alunos podem consultar todas as questões objetivas em que o IBGE foi citado nos exames de 2009 a 2017. Elas abordam assuntos como pirâmide etária, inflação, migração, biomas, fecundidade, indústria entre outros temas. As questões são acompanhadas de seus respectivos gabaritos e links para maior aprofundamento das assuntos abordados. O portal também disponibiliza todas propostas das redações de 2010 a 2017 que trataram de temas sobre os quais as informações produzidas pelo IBGE podem dar alguma contribuição estatística.

Pelo menos, entre 2009 até o ano passado, 18 questões objetivas do Enem usaram dados que podem ser consultados no site do Instituto. Na redação, dos oito temas aplicados entre 2010 e 2017, seis foram sobre assuntos sobre os quais o IBGE tem informações detalhadas. No IBGEeduca, os estudantes encontrarão infográficos elaborados com indicação das fontes das informações e links do portal do Instituto. Vale lembrar que a citação de exemplos, dados estatísticos, pesquisas ou depoimentos de pessoas especializadas no assunto são um dos recursos apontados na Cartilha do Enem como “estratégias argumentativas” para a construção da redação do Enem.

Conheça outros opções de portais para estudar para o Enem

É importante ter em mente que a prova do Enem tem como uma das características principais a interdisciplinaridade. Isso quer dizer que o estudante também devem ficar atentos aos conteúdos que reúnem aspectos de várias disciplinas. Tabelas, infográficos, dados, vídeos, pesquisas, notícias… Tudo isto ajudar a ter uma visão mais ampla, além de contribuir para uma melhor argumentação e defesa de ideias. Abaixo confira três dicas para se informar mais sobre a prova.

E+B Educação: Blog do Educa Mais Brasil, o E+B Educação, além de produzir conteúdo com informações sobre editais, processos seletivos, matérias sobre cursos superiores e profissões, possui uma editoria específica do Enem. Nela, o estudante pode ficar por dentro das notícias mais recentes sobre o exame, além de ter acesso 100% gratuito a dicas e curiosidades sobre o exame. Já no site do Educa Mais Brasil você tem acesso a um compilado de informações sobre o Enem para ficar esperto e ter um bom rendimento na prova.

Google Acadêmico: Criada pelo Google, a plataforma reúne uma infinidade de artigos, livros, teses, resumos, dissertações sobre uma infinidade de assuntos pesquisados em diversos países. É possível criar uma biblioteca pessoal para salvar os conteúdos pesquisados e criar alertas com os assuntos que mais lhe interessam. Há apenas a necessidade de ter uma conta no Google.

Banco de Provas do Inep: Organizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), que é responsável do Enem, o portal disponibiliza todas as provas, aplicadas entre 1998 e 2017, assim como os gabaritos correspondentes.

Roberto Paim | Educa Mais Brasil

Tags

Artigos relacionados

Portal de Notícias Gama Cidadão o
Fechar
%d blogueiros gostam disto: