Ministro da Saúde presta apoio aos profissionais do Hospital de Base

Ministro da Saúde presta apoio aos profissionais do Hospital de Base

Em visita às instalações, Marcelo Queiroga se solidarizou com o trabalho de quem atua na linha de frente contra a covid-19

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, prestou solidariedade e apoio aos profissionais de saúde que atuam na linha de frente de combate à covid-19 do Hospital de Base. O gestor federal visitou as instalações do hospital na noite dessa segunda-feira (29).
De máscara e jaleco, o cardiologista percorreu unidades do HB como o Núcleo de Hemodinâmica e o Pronto-Socorro. “Vim trazer o apoio do Ministério da Saúde a todos os profissionais de saúde, aos médicos, enfermeiros, fisioterapeutas que têm se dedicado tanto ao enfrentamento da pandemia de covid-19”, disse.
A visita foi acompanhada pelo chefe de equipe do Núcleo Central Tático de Resolutividade (NCTR), o médico João Bosco de Abreu. Ao final, ele gravou um vídeo ao lado do ministro na parte externa do hospital. A gravação foi publicada na rede social do representante da Saúde.
“Através de você (João Bosco de Abreu), eu abraço cada um dos profissionais de saúde que trabalham neste hospital”, falou o ministro de forma alusiva, mantendo o distanciamento social.
Em resposta, João Bosco afirmou que a missão de combater a covid-19 está sendo cumprida no Hospital de Base. “Estamos aqui lutando contra esta segunda onda da pandemia, que está pior do que a primeira do ano passado, mas vamos vencer”, garantiu. “Com o apoio do senhor, então, vai ser mais fácil.”

Ao final do vídeo, Queiroga deixou um apelo aos moradores do Distrito Federal para o período de Páscoa: “Nesta época de reflexão, vamos evitar aglomerações desnecessárias, evitar festinhas sem máscaras. A consequência dessas aglomerações sem reflexão são as UTIs [unidades de terapia intensiva] lotadas”, salientou.

Sobre o ministro da Saúde

Médico cardiologista, Marcelo Queiroga foi nomeado em 23 de março de 2021 pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, para o cargo de ministro da Saúde. Ele substitui o ex-ministro, general de divisão do Exército Brasileiro, Eduardo Pazuello.

*Com informações do IGESDF – 30/03/20231