26 de outubro de 2021
Na trilha do "Tributo aos Heróis Negros"

Na trilha do “Tributo aos Heróis Negros”

Inscrições abertas do Programa de capacitação “Azulim Para Todos” para oficinas gratuitas de linguagens do Hip Hop que culminará na montagem do grande espetáculo

Vão até quarta-feira (25/08), as inscrições GRATUITAS ao Azulim Para Todos, um programa de capacitação com oficinas envolvendo três linguagens do hip-hop – Música (Rap e DJ), dança (Break) e artes plásticas (Graffiti). As inscrições poderão ser feitas na sede da entidade promotora, o Grupo Cultural Azulim (Área 9 – Conjunto 05 Lote 24 – Sobradinho 2) ou pelo telefone/whatsApp (61) 99279-8515. Tudo culminará numa mostra de resultados dos alunos que apresentarão o espetáculo de dança “Tributo aos Heróis Negros” que homenageará 5 personalidades negras, são elas: Carolina Maria de Jesus, Zumbi dos Palmares, Luís Gama, James Brown e Nelson Mandela. O projeto Azulim para todos conta com patrocínio por meio de convênio com a Fundação Cultural Palmares, da Secretaria Especial de Cultura, do Ministério do Turismo.

Com o anúncio do Comitê Olímpico Internacional (COI) da inclusão do breakdance, no programa dos Jogos Olímpicos de Paris, que será realizado em 2024, a oferta dessas oficinas apresenta-se como mais uma oportunidade de aprendizado singular. Afinal, o que as Olimpíadas vão fazer é dar uma medalha de ouro ao melhor b-boy e à melhor b-girl do mundo em 2024. Para o presidente do Grupo Cultural Azulim, Iranildo Moreira, projetos como esse estimulam a economia criativa do hip hop em Sobradinho II gerando renda para juventude. “A cultura Hip Hop vem conquistando adeptos desde sua origem, no fim da década de 60, é mais que movimento cultural, o Hip Hop é um segmento que visa a transformação social, seja através da música (Rap e DJ), da dança (Break) , das artes plásticas (Grafite) ou mesmo por meio de diversos projetos sociais que utilizam-se dessas linguagens para a promoção social e desenvolvimento comunitário”, defende Moreira.

Ele também explica que esse novo projeto vem na sequência de um anterior, o DF HIP HOP, num movimento contínuo de formação e preparo para que os artistas possam conseguir descobrir as oportunidades, preparar-se para entender melhor o seu fazer artístico, apresentar o que foi aprendido ganhando maior visibilidade e ainda vislumbrar o potencial econômico que pode ser alcançado com a capacitação.

“O Hip Hop é um dos poucos movimentos culturais que traz em sua essência a atuação social, e isso traz uma validação muito grande dessa cultura, sobretudo nas camadas sociais menos favorecidas. Constatamos ainda, sobretudo na atualidade, a grande penetração do movimento Hip Hop, nos meios de comunicação, no cinema, nas grandes bienais de arte, ou seja, o movimento atingiu maturidade é cada vez mais reconhecida como movimento artístico afrodescendente”, observou o presidente do grupo Cultural Azulim.

Professores das Oficinas
Na área de música está Lio MC (Liberdade Condicional RAP). Luiz Fernando Barbosa (B.Boy Testa) se encarregará das oficinas de Breakdance, e Opa Crew será o responsável pela área das artes plásticas (Graffiti).

Lio MC é integrante do grupo Liberdade Condicional Rap surgido no ano de 1987 em Ceilândia (DF). Gravaram o primeiro CD em 1998, VIDA ETERNA em 2002. Em 2003 gravaram o CD (CRIME SEM PERDÃO) com o Sucesso Equipe da Favela, pela gravadora Discovery. Em 2005 gravam o CD NA VERDADEIRA FÉ, este vendendo todas as cópias. Findando o contrato com a gravadora Discovery, o grupo lançou um selo independente e em 2008 gravaram o CD chamado O retorno. No total, já foram gravados sete álbuns até agora.

O Bboy Testa representou o Brasil na competição mundial de dança “Faites Danser le monde”, em Paris (França), em 2014. Naquela época, ele integrava o grupo “Charadas”, de Sobradinho. Clique no link para conferir a apresentação deles : Grupo Charadas Faites Danser le monde France Paris 2014 – https://www.youtube.com/watch?v=5Sa5juWV7JY

OPA é um grupo de grafiteiros que espalham arte pela região de Sobradinho 2 (onde todos eles moram). Criado pelo jovem tatuador Danillo Santiago, conhecido como Pake. OPA é a sigla de “Onde a Periferia Acontece”, e eles visam fazer uma ocupação urbana em forma de arte. Hoje, com cerca de 40 obras espalhadas pela cidade, o OPA costuma combinar com os donos dos estabelecimentos antes de trazer uma nova obra à vida. .


Luiz Fernando Barbosa (B.Boy Testa), foto arquivo pessoal.

Dias e horários
A oficina de Danças Urbanas (BREAK DANCE) será realizada às segundas, quartas e sextas-feiras das 18h30 às 20h30. Já a oficina de RAP (Ritmo e Poesia) será oferecida às terças, quintas e sextas-feiras, das 10h às 12h e das 14h às 16h. E para finalizar a oficina de Graffiti será ofertada às terças e quintas das 18h30 às 20h. Todas as oficinas serão realizadas na sede do grupo Cultural Azulim.

“Ao final dos três meses de oficinas faremos 10 apresentações, provavelmente a partir de novembro se a pandemia permitir”, revelou Iranildo Moreira.

Tributo aos heróis negros
O “Tributo aos heróis negros” é um espetáculo de dança composto por 12 integrantes numa homenagem a Carolina Maria de Jesus, Zumbi dos Palmares, Luís Gama, James Brown e Nelson Mandela. Esse espetáculo foi premiado pela Brazil Foundation em 2011.

Grupo Cultural Azulim
O Grupo Azulim tem em sua bagagem a experiência de quase 30 anos de atuação nesse segmento e o orgulho de ter realizado e/ou participado dos maiores eventos do Hip Hop no Distrito Federal, dentre eles seis edições do Rap Chistmas (evento com foco na arrecadação e distribuição de alimentos e agasalhos nas comunidades de Sobradinho II e Santa Maria, realizado sempre em dezembro), ruas de lazeres comunitárias nas satélites do Distrito Federal, duas edições do Desafio de B.Boys 2vs2 (o maior festival de Breakdance do DF), dentre outros.

Serviço:
O quê: Inscrições abertas para as Oficinas Gratuitas do Azulim para Todos
Programa de capacitação com oficinas envolvendo três linguagens do hip-hop – Música (Rap e DJ), dança (Break) e artes plásticas (Graffiti).
O projeto culminará numa mostra de resultados dos alunos que apresentarão o espetáculo de dança “Tributo aos Heróis Negros” que homenageará 5 personalidades negras, são elas: Carolina Maria de Jesus, Zumbi dos Palmares, Luís Gama, James Brown e Nelson Mandela.
Quando: Vão até quarta-feira (25/08)
Onde: Na sede da entidade promotora, o Grupo Cultural Azulim (Área 9 – Conjunto 05 Lote 24 – Sobradinho 2) ou pelo telefone/whatsApp (61) 99279-8515.
O projeto Azulim para todos conta com patrocínio por meio de convênio com a Fundação Cultural Palmares, da Secretaria Especial de Cultura, do Ministério do Turismo.

OUTRAS INFORMAÇÕES:
AR9 CONJ 05 lote 24 – Sobradinho ll – DF (Espaço Sede do Grupo Azulim)
Ou por Contato telefônico: (61) 99279-8515
E-mail: iranhiphop.123@gmail.com
Facebook (https://www.facebook.com/AzulimOSCIP)
Instagram (https://www.instagram.com/gc.azulim/).

Assessoria de Imprensa: Marcos Linhares – (61) 99905-5905

Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

View all posts by Israel Carvalho →