NotíciasPolítica

O retorno de Kelly Bolsonaro. Será?

O Ministério Público do Distrito Federal (MPDF) investiga denúncias de “rachadinha” e de servidores fantasmas nomeados pelo deputado distrital Daniel Donizet (PSDB), na Câmara Legislativa. Com salários que variam entre 11 e 19 mil, funcionários não estariam cumprindo a jornada de trabalho. 

O Ministério Público do Distrito Federal (MPDF) investiga denúncias de “rachadinha” e de servidores fantasmas nomeados pelo deputado distrital Daniel Donizet (PSDB), na Câmara Legislativa. Com salários que variam entre 11 e 19 mil, funcionários não estariam cumprindo a jornada de trabalho.

Rafael Prudente, presidente da CLDF, foi notificado e terá que repassar a lista de todos os servidores do gabinete em um prazo de dez dias, além de folhas de ponto até o mês de agosto e documentações entregues no ato da posse do cargo.

A suplente chegou a assumir como deputada distrital em maio desse ano, enquanto o parlamentar se afastou para comandar a Administração Regional do Gama. A alta rotatividade de servidores no gabinete de Donizet chama muito a atenção, com cerca de 41 funcionários que passaram por lá.

Kelly Cristina Pereira dos Santos (Kelly Bolsonaro), ativista conservadora, afirma ter alertado o chefe de gabinete e outros assessores sobre a possibilidade de fantasmas e se dispôs a contribuir nas investigações. Kelly iria continuar no cargo como deputada distrital por 120 dias, mas o prazo foi revogado com a volta repentina de Donizet.

Se comprovada a denúncia, Kelly pode voltar à CLDF e assumir como deputada distrital.

E por falar em fantasmas…

O deputado Robério Negreiros (PSD) foi alvo da terceira fase da Operação Absentia deflagrada, na manhã de quinta-feira (29/8), pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), com apoio da Polícia Civil do DF.

Existe a suspeita de que Robério Negreiros falsificou mais de 50 listas de presença. Ele pode ser denunciado pelos crimes de peculato e de falsidade ideológica. Há dois meses, Robério foi alvo de buscas.

Enquanto correm as investigações de ambos os casos, vou ali pegar minha pipoca para assistir as cenas dos próximos capítulos e esperar que a verdade e justiça prevaleçam. É o que espera a população do DF.

Essas histórias ainda vão dar muito pano pra manga!

Da redação do SOS Brasília – 30/08/2019

Tags

Artigos relacionados

Fechar