Destaque (Slide Show)NotíciasPolítica

Dia Nacional do Voluntariado é celebrado com programação especial no DF

"I Fórum Voluntariado em Ação" estimular ações voluntárias e de cidadania

O governo do GDF promove nesta quarta (28) o I Fórum do Voluntariado em Ação, que marca o Dia Nacional do Voluntariado, instituído a partir da lei 7.352, de 1985. A data tem como objetivo reconhecer o trabalho das pessoas que doam seu tempo e talento para causas de interesse social​ e para o bem comum.

O objetivo é fortalecer a cultura de solidariedade, de cidadania e de pertencimento, em que o cidadão exerça sua condição de protagonista no desenvolvimento da cidade, fomentando o trabalho voluntariado junto com causas de impacto social. O fórum é uma iniciativa da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), coordenado pela Subsecretaria de Políticas de Direitos Humanos e de Igualdade Racial.

Música

Levar música, distração e conforto para pessoas em tratamento contra o câncer. Esse é o trabalho feito gratuitamente pelo saxofonista Pedro Henrique Ferreira da Silva, 29 anos, em hospitais do Distrito Federal. Ele decidiu ser voluntário depois de acompanhar a mãe nas sessões de quimioterapia. “Os pacientes ficam muito tempo lá, recebendo a medicação. Então, decidi tocar para que elas pudessem se distrair um pouco enquanto estão na quimioterapia. Eu me sinto bem em levar alegria para as pessoas nesse momento de dor”, disse.

Pedro é um dos 22 mil participantes do programa Voluntariado em Ação, desenvolvido pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) para fomentar e valorizar as ações voluntárias no DF. “Eu me sinto realizado em fazer parte desse programa porque consigo associar algo que gosto muito de fazer, que é tocar, com ajudar pessoas”, completou.

Hoje já são 400 projetos e 60 campanhas cadastradas no programa, que geraram mais de 120 mil oportunidades de serviços voluntários no Distrito Federal. “É muito gratificante perceber que esse programa consegue transformar em ação o desejo de pessoas que querem ajudar o próximo, mas que até então não sabiam como colocar em prática um projeto voluntário”, explicou o secretário da Sejus, Gustavo Rocha.

Portal

A principal ferramenta do programa é o portal do voluntariado, que proporciona o encontro entre voluntários, organizações da sociedade civil e governo. O site já existe há três anos e agora faz parte do Voluntariado em Ação, que impulsionou os acessos à ferramenta tanto das instituições, que usam o site para divulgar seus projetos, quanto dos voluntários, que podem cadastrar seus dados e as áreas de interesse de atuação.

“O Distrito Federal foi pioneiro em lançar um programa de governo específico para somar esforços de todas as esferas do setor público, do terceiro setor e da inciativa privada em prol de estimular e fomentar o trabalho voluntário. Queremos transformar o DF na capital da solidariedade e da cidadania”, disse o subsecretário e Direitos Humanos e Igualdade Racial da Sejus, Juvenal Araújo.

O alcance dessa meta não é algo distante. O Distrito Federal já é a segunda unidade da Federação com a maior taxa de voluntariado do país. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 5,6% dos brasilienses praticaram, em 2018, alguma atividade sem remuneração com o intuito de ajudar o próximo e adquirir experiência em alguma área. A taxa é maior que a média nacional, de 4,3%. No total, o DF contabilizou 138 mil voluntários.

Primeira-dama do DF, Mayara Noronha. Foto: Danrley Pereira
Juvenal Araújo, subsecretário de Igualdade Racial subordinada à pasta de Direitos Humanos da Sejus/DF. Foto: Danrley Pereira
Deputado Iolando Almeida. Foto: Danrley Pereira
Robert Willian citado como o voluntário que mais prestou horas de trabalho voluntário. Foto: Danrley Pereira

Assista o vídeo com o deputado Iolando:

Galeria de fotos:

Da Agência Brasília com adaptações – 29/08/2019

Tags

Artigos relacionados

Fechar