Artesãos do DF comemoram a participação no Brasília Iluminada

Maior espetáculo de luzes já visto na temporada de Ano Novo na capital federal, o Brasília Iluminada também foi oportunidade para o artesanato brasiliense brilhar. No Espaço Luz do Mundo, próximo a Catedral Rainha da Paz, seis contêineres foram montados e disponibilizados gratuitamente pela Secretaria de Turismo do DF para que 60 artesãos pudessem ter um ponto de negócio para a divulgação de sua arte, fomentando a geração de emprego e renda para muitas famílias.

Na vitrine, os trabalhos eram variados: técnicas de crochê, marchetaria, montagem, mosaico, cerâmica e muitos bordados. Tudo utilizando materiais diversos, como fios e tecidos, folhas, flores, borrachas, madeira e barro. Durante os 30 dias de evento, o grupo vendeu cerca de 30 mil reais, fomentando a geração de trabalho e renda.

O artesão Rômulo Malheiros Guedes aproveitou a chance para diversificar o seu público. Há 20 anos transformando sucata em objetos de arte e miniaturas, ele comemora o apoio do Governo do DF ao artesanato local. “Fiquei muito feliz em ver que meu público estava ali. O Brasília Iluminada foi uma oportunidade para que mais pessoas, desde crianças a idosos, pudessem conhecer o meu trabalho. E o apoio do GDF para essa visibilidade foi e vem sendo fundamental”, disse se referindo ainda a importância da Carteira Nacional do Artesão, única exigência para a participação no evento. “É um cuidado que o Governo tem para o fortalecimento da nossa comunidade. Ter a Carteira significa mais segurança e oportunidades de empreendedorismo. Mais chance de participar de projetos como o Brasília Iluminada, por exemplo”, completou Rômulo.

Para a artesã Joselita Borges, o resultado positivo continua mesmo após o encerramento do evento. “O Brasília Iluminada foi um projeto que tivemos muito orgulho em participar. Um espaço limpo e organizado, com toda a segurança necessária. Tanto que nós podíamos deixar os nossos produtos na vitrine e vender mesmo quando estávamos fechados porque as pessoas viam nossos trabalhos expostos, gostavam e voltavam para comprar depois. Isso sem falar nas encomendas. A visibilidade que o Brasília Iluminada me proporcionou vem me rendendo muitos pedidos de entregas e seguidores nas redes sociais. Ou seja, sucesso mesmo depois do evento”, comemorou.

Secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça reforçou os resultados do projeto e a conscientização do governo quanto à importância econômica, social e cultural do artesanato para o setor. “Além de oferecer a nossa população uma experiência única de 30 dias de interação com as tradicionais luzes de ano novo, o Brasília Iluminada foi um evento ousado e criativo, realizado pelo nosso governo, que mostrou, na prática, como uma ação pode ativar e impulsionar uma cidade como destino turístico. E poder transformar todo esse encanto em oportunidades para milhares de trabalhadores [foram mais de seis mil postos de trabalho], e ainda impulsionar o nosso artesanato, tem um significado ainda mais forte. O artesão local sempre foi uma das pautas prioritárias da nossa secretaria e vamos continuar, cada vez mais, oferecendo todo o apoio necessário para que esse grupo, que tanto fortalece nossa tradição e cultura, se destaque na cadeia turística do DF”, disse a secretária.

“O GDF se mobilizou para que o Brasília Iluminada fosse muito além da decoração que embelezou a cidade. Desde o início, sob o comando do governador Ibaneis Rocha, tivemos a preocupação de valorizar a mão de obra, empreendedores e os empresários do Distrito Federal”, completou o secretário de Economia, André Clemente.

Sobre o Brasília Iluminada

Iniciativa do Governo do Distrito Federal (GDF) com atividades coordenadas pelas secretarias de Economia (Seec), Cultura e Economia Criativa (Secec), Desenvolvimento Social (Sedes) e Turismo (Setur), o Brasília Iluminada foi um projeto inédito realizado entre os dias 17/12 e 17 de janeiro, proporcionando um espetáculo de luzes e cores nesta temporada de férias na capital federal. Ao todo foram 415.770 m² de decoração especial entre a Esplanada dos Ministérios e a Catedral Rainha da Paz. Além do artesanato, o evento contou ainda com participação de 450 artistas locais, que mostraram sua arte e música no palco do espaço Céu de Brasília.

Brasília Iluminada

Brasília Iluminada

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Com informações da Secretaria de Turismo do DF – 26/01/2021