16 de outubro de 2021
Diretor do Hospital Regional do Gama é exonerado após denúncias de “situação caótica”

Diretor do Hospital Regional do Gama é exonerado após denúncias de “situação caótica”

Exoneração de Renato de Almeida Lima foi publicada nesta sexta-feira no DODF. No lugar dele, assume Guilherme Augusto Guerra Avelar

O diretor do Hospital Regional do Gama (HRG), Renato de Almeida Lima, foi exonerado, nesta sexta-feira (13/8), do cargo que ocupava à frente da unidade de saúde. No lugar dele, assume Guilherme Augusto Guerra Avelar. A troca acontece três dias depois de o Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindiMédico-DF) denunciar situação caótica no hospital e pedir a interdição da unidade ao Conselho Regional de Medicina (CRM-DF).

Entre os problemas apontados pelo SindiMédicos-DF há o déficit de profissionais de saúde e problemas graves, citados como “indícios de mortes evitáveis de pacientes”. Exoneração de Renato Almeida foi publicada na edição desta sexta-feira do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

CRM-DF fará vistoria no Hospital Regional do Gama na próxima segunda-feira (16/8). Segundo o presidente da entidade, Farid Buitrago, se for constatado que o HRG não cumpre os requisitos mínimos necessários ao atendimento adequado aos pacientes, o conselho fechará a instituição.

O pedido de interdição ao CRM-DF foi enviado na última segunda-feira (9/8), após reunião do sindicato com a secional do DF da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF).

“Ficou confirmada a situação caótica daquele hospital, inclusive com ocorrência de óbitos evitáveis”, alertou o presidente do SindMédico, Guttemberg Fialho.

Com informações do portal Metrópoles – 13/08/2021

 

Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

View all posts by Israel Carvalho →