fbpx
3 de agosto de 2021
Enem Digital: MEC libera consulta aos locais de prova

Enem Digital: MEC libera consulta aos locais de prova

É a primeira vez que a prova será aplicada nesta modalidade

Inscritos para o Enem Digital, a versão piloto do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já podem consultar os locais de prova. As informações podem ser conferidas Página do Participante. Essa é uma das novidades anunciadas para edição de 2020 do exame – marcado por pedidos de adiamento por conta da alta de caso do coronavírus no país.

A aplicação ocorrerá por meio de computadores, em locais definidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021. A redação, no entanto, será manuscrita. Por conta disso, assim como a versão impressa, os candidatos precisão levar suas canetas esferográficas na cor preta.

No Enem Digital, apenas os estudantes concluintes do ensino médio, ou que já concluíram e não precisam de recurso de acessibilidade, participarão das provas nesse modelo. Ao todo, 96.086 inscritos participarão desse formato do exame, segundo o Ministério da Educação.

Até 2026 a intenção do Inep é que o Enem seja realizado totalmente no formato digital. Nessa primeira etapa piloto, serão usados cerca de quatro mil laboratórios, com cerca de 20 computadores cada. Os equipamentos terão acesso apenas à prova. Assim, será vedado o acesso à internet ou documentos do computador.

“A gente procurou, nesse momento, simular no ambiente digital o que acontece no papel. Então, o aluno vai poder, por exemplo, ir na questão mais à frente, pode voltar. No final, ele vai marcar e quando der o sinal que finalizou a prova, o sistema trava o preenchimento do gabarito. Aí pronto, não vai mais poder mexer e a prova vai vir direto para o Inep”, explica o presidente do Inep, Alexandre Lopes.

Além dos aplicadores, nas salas de prova os candidatos contarão com a assistência de um técnico em informática para que se algum computador apresentar problema o técnico possa tentar resolver imediatamente. Se não conseguir, o estudante poderá usar uma das máquinas reservas. Se houver um problema mais grave que impedir que o candidato faça a prova, esse estudante vai poder participar da reaplicação da prova em papel, assegura o Inep.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

View all posts by Israel Carvalho →
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial