EducaçãoNotíciasTecnologia e Ciência

Linkedin: saiba como é importante essa ferramenta de trabalho

Desde 2003, o Linkedin vem ganhando a credibilidade de muitos usuários

Linkedin é uma das redes sociais mais famosas do mundo. Diferente de outras plataformas, no entanto, o foco é manter relações corporativas e contatos de trabalho. Segundo a plataforma, atualmente, essa rede conta com cerca de 562 milhões de usuários em 200 países e territórios.

A função é basicamente conectar recrutadores e candidatos que estão em busca de um emprego, inclusive a plataforma tem atraído muitos jovens que buscam a primeira oportunidade de trabalho.  É o que destaca a psicóloga Rebeca Sertão que foi em busca do seu primeiro emprego. “É importante deixar seu currículo atualizado, mas vale lembrar também da importância de cadastrar seu currículo no Linkedin. Afinal, essa ferramenta é como se fosse um currículo online. É por ali que muitas empresas têm recrutado seus funcionários”, recomenta Rebeca, hoje empregada.

Nos setes meses de busca, a psicóloga considerou o linkedin uma vitrine importante. “Em qualquer oportunidade que tiver, faça sua “propaganda” da área que quer atuar, com o que quer trabalhar, pois quando surgir uma vaga com essas características, já irão associar a mesma a você”, indica feliz por ter conseguido o sonhado primeiro emprego.

Saiba mais: https://www.educamaisbrasil.com.br/educacao/descubra-se-voce-realmente-sabe-usar-o-linkedin/?p=gamacidadao

O LinkedIn é uma empresa com um modelo de negócios diversificado, onde a receita provém de assinaturas, vendas de publicidade e de soluções de recrutamento.

Educa Mais Brasil separou algumas dicas de como criar um perfil de sucesso no linkedin:

  1. Começamos pela imagem. Perfis com foto são 14 vezes mais vistos. Quando se fala em imagem, não estamos falando de aparência física, mas a imagem que o seu currículo tem. Assim, é possível atrair ou repelir recrutadores.
  2. Escolha uma foto que passe imagem de profissionalismo. Muitos jovens caem no erro de postar fotos de viagens, paisagens, passeios, mas essas fotos só cabem em outras redes sociais. Afinal, vale lembrar que os interessados em achar um bom profissional, levam em média apenas cinco segundos para construir uma impressão ao visualizar um perfil no Linkedin. Sabe por que? A busca nessa rede é por contatos profissionais e informações pertinentes ao histórico profissional para possíveis oportunidades.
  3. É preciso ter maturidade. Se faz necessário o profissional ser claro e compartilhar informações como data de início e término da função, resumo das atividades de trabalho, empresas onde trabalhou, entre outros dados pertinentes.
  4. Deixa claro os cursos que frequentou. Cursos extracurriculares para quem acabou de se formar e não possui tanta experiência também é bom. É válido também colocar experiência em trabalho voluntário. Mostrar dinamismo é importante e faz diferença para os recrutadores.
  5. Coloque seu perfil em mais de um idioma. O LinkedIn oferece a possibilidade de abrigar perfis em línguas diferentes dentro da mesma URL.

Vanessa Casaes – Ascom Educa Mais Brasil

Tags

Artigos relacionados

Portal de Notícias Gama Cidadão o
Fechar
%d blogueiros gostam disto: