Mulher passa mal no Hospital do Gama e médico não sai da sala para atender

hrgUm vídeo gravado e postado no you tube mostra o momento em que um médico da rede pública se nega a sair de sua sala para atender uma paciente hipertensa que passava mal no Hospital Regional do Gama, no Distrito Federal. O vídeo teve mais de 45 mil visualizações e foi gravado em novembro do ano passado, por Ademir Rodrigues, mas só agora ganhou repercussão nas redes sociais.

No vídeo intitulado “O Doutor em: E daí não é minha mãe” é possível ver que a mulher não consegue se levantar para entrar no consultório e as pessoas pedem para o médico socorrê-la na recepção da unidade de saúde. Ele se recusa e os acompanhantes da paciente entram com ela desmaiada, carregando o banco de três lugares para dentro do consultório. Mesmo assim, o médico deixa a mulher desmaiada e não se levanta da cadeira, enquanto conversa com os acompanhantes no consultório, que permanece de portas abetas.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que, qualquer assunto de negligência médica é inadmissível e pretende apurar o caso para tomar as providências cabíveis, lembrando que, embora o fato tenha acontecido ano passado, a Secretaria só tomou conhecimento agora.

Filho – Um dos comentários do vídeo foi postado nesta terça (18), por um rapaz que se identifica como Matheus Rodrigues Santos de Oliveira, agradece a publicação e se apresenta como o filho da paciente. “Ademir Rodrigues obrigada por postar esse vídeo, estamos correndo atrás desse desumano e, vamos conseguir se Deus quiser, essa mulher aí é minha mãe e graças a Deus ela está bem, valeu mesmo cara, Deus te abençoe muito e vamos atrás da Justiça para que isso não volte a acontecer”, postou o rapaz.

“Matheus que bom que ela está bem. Nesse dia fiquei sem reação ao ver essa cena. Tive que filmar pelo lado de fora esse absurdo que fizeram com sua mãe, e fazem com muitos todos os dias. Agora vamos ver o que as autoridades dizem”, respondeu Ademir.

Com informações do R7.

Fonte: Câmara em Pauta

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios