NotíciasPolítica

PF cumpre mandado na casa do general Paulo Chagas, ex-candidato ao GDF

Ele usou o Twitter para informar que a casa é alvo de uma operação da Polícia Federal na manhã desta terça-feira (16)

O general Paulo Chagas, ex-candidato ao governo do Distrito Federal pelo PRP, usou o Twitter para informar que a casa dele é alvo de uma operação da Polícia Federal na manhã desta terça-feira (16/04/19).

De acordo com o militar reformado, o mandado de busca e apreensão foi expedido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Chagas, no entanto, está fora da cidade. “Lamentei estar fora de Brasília e não poder recebê-los pessoalmente”, comentou na publicação.

Procurado pela reportagem, o general acredita que a ação é consequência das opiniões emitidas por ele sobre o STF. “Sou um cidadão comum e tenho o direito de emitir minha opinião sobre tudo o que penso. Ao menos, eu pensava que sim. Sempre falei mal do STF, não dá instituição, que foi criada para defender a Constituição, mas do formato do conjunto de ministros que vezes tenta defender a impunidade de criminosos e não a liberdade”, afirmou.

“Eles acabaram escancarando um inquérito existente para tentar calar quem tem o direito de pensar e se expressar de forma diferente da deles. Não me sinto humilhado porque nada fiz a não ser de me posicionar como um cidadão que tem sua própria opinião sobre o que vem acontecendo”, finalizou.

General Paulo Chagas@GenPauloChagas

Caros amigos, acabo de ser honrado com a visita da Polícia Federal em minha residência, com mandato de busca e apreensão expedido por ninguém menos do que ministro Alexandre de Moraes.
Quanta honra!
Lamentei estar fora de Brasília e não poder recebe-los pessoalmente.

Fonte: DF EM FOCO – 16/04/2019

Tags

Artigos relacionados

Portal de Notícias Gama Cidadão o
Fechar