Promotoria de Justiça do Paranoá reúne instituições para discutir relatório da PMDF

Documento elaborado pelo 20º Batalhão da Polícia Militar aponta os principais problemas das 17 escolas do Paranoá e do Itapoã

A Promotoria de Justiça do Paranoá realizou na última sexta-feira, 16 de agosto, reunião para tratar de assuntos relacionados à segurança nas escolas públicas da região. O encontro foi organizado pelo titular da Promotoria de Justiça Regional de Defesa dos Direitos Difusos (Proreg), Bernardo Matos, com base no relatório de visita técnica a 17 escolas da região apresentado pelo 20º Batalhão de Polícia Militar.

Entre os problemas indicados pela PMDF destacam-se a presença de armas dentro das escolas; ameaça contra professores; furtos; venda de bebidas alcoólicas; depredação do patrimônio público; e falta de controle de entrada e saída. O 2º Batalhão Escolar conta com 30 policiais e uma viatura para atender as cidades da região.

Violência

O diretor do Centro de Ensino Fundamental 1 do Paranoá, Flávio Fraga, afirmou que já sofreu ameaças e perseguição direta. Outros diretores também relataram casos de violência, principalmente relacionado ao consumo de drogas próximo às instituições de ensino.

Responsável pela 6ª Delegacia de Polícia, Jane Klébia informou que muitas ocorrências nas instituições de ensino não são registradas. Ela considera importante que a Polícia Civil tome conhecimento desses crimes. Como medida para estreitar a relação, será designado agente para fazer a interlocução com as unidades de ensino.

O administrador regional do Paranoá, Sérgio Damasceno, comprometeu-se, por meio de convênio firmado com a CEB, a melhorar a iluminação das áreas próximas às escolas. Ele também fará um mapeamento para saber quais instituições de ensino têm bares em suas proximidades. O levantamento será enviado ao DF Legal.

“O Ministério vai acompanhar os compromissos assumidos por cada instituição, com o fim de contribuir para a melhoria da segurança nas escolas do Paranoá e do Itapoã. Espero que seja a primeira de muitas nessa direção”, acrescentou o promotor de Justiça Bernardo Matos.

Você pode acessar aqui o relatório do 20º Batalhão de Polícia Militar.
Informou PMDFT – 20/08/2019
Tags

Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios