Wasny vai a Procuradoria em defesa da regularização do Setor Ponte Alta do Gama

img

O deputado Wasny de Roure é um defensor incansável dos moradores de condomínios do Gama que lutam pela regularização fundiária. Desde o início do processo de ocupação do assentamento do Setor Habitacional Ponte de Terra, no Gama, Wasny tem buscado alternativas para encontrar uma solução digna para àquela comunidade.

Em busca de uma solução para o caso, o deputado Wasny promoveu uma Audiência Pública, no dia 14 de fevereiro para debater com a comunidade o tema. Lá foram feitos vários encaminhamentos. Um deles resultou em uma reunião no último dia 27 de fevereiro na Procuradora-Geral do Distrito Federal. Participaram da reunião, além do Presidente da CLDF, Wasny de Roure, o Presidente da OAB/DF, Ibaneis Rocha, Procuradora-Geral do DF Dra. Paola Aires, Procurador do DF Dr. Tiago Pimentel, Assessores do deputado Wasny, Marcos Leandro e Carlos Gomes e os representantes dos moradores “União Pela Regularização da Ponta Alta Norte“, Israel Carvalho, Tatiana Nepomuceno, Robinson Crusoé, Sebastião Alves e Antônio Pinho.

Representantes da comunidade e do governo sentaram-se a mesa para discutirem o assunto e na oportunidade os moradores expuseram os diversos problemas que a região enfrenta por ser considerada uma área irregular. Problemas que vão desde a falta de iluminação pública, asfalto, saneamento básico e coleta de lixo. Representantes dos moradores reclamaram mais uma vez, que não há coleta de lixo regular e que os problemas de iluminação pública são precários e não são resolvidos porque a CEB diz não poder fazer nada em virtude de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal, em tramitação na esfera da Justiça Federal.

Eles alegam também que as crianças não conseguem pegar o transporte escolar porque o ônibus não chega às residências, estes problemas estão se espalhando com rapidez, pois nem os Bombeiros e nem os Policias conseguem fazer atendimentos em virtudes da má conservação das ruas, pois algumas delas ainda não têm asfalto prejudicando assim toda a coletividade que mora e transita no local.

Com tantos problemas encontrados nesta região e vendo as dificuldades para resolvê-las, foi decidido que seria marcada uma próxima reunião para depois do carnaval a ser realizado no mesmo local. Mais porem com os Órgãos envolvidos na questão da regularização tais como: Terracap, Grupar, Sedhab, Ibram e Secretaria de Regularização de Condomínios.

Após esse encaminhamento, os representantes dos moradores saíram da reunião mais tranquilos. Espera-se que ações em prol das melhorias na região aconteça de fato e possa resolver de vez os maiores problemas relatados pelos moradores. Seguimos acompanhando o desenrolar dessas questões.

Entenda o caso

A paralisação no processo de regularização do setor ocorreu depois da Ação Civil Pública, número 2008.34.00.027592-2, movida pelo Ministério Público Federal, que tramita na 13ª Vara Federal, da Seção Judiciária do Distrito Federal. Por força de Liminar esta Ação impede a implantação de qualquer infraestrutura básica no setor, sem prévia autorização daquele juízo.

Da redação do Gama Cidadão com participação de Lucas Lieggio.

Leia mais LIXO, MATO ALTO E PROBLEMAS DE INFRAESTRUTURA INCOMODAM MORADORES DO SETOR PONTE ALTA NORTE

Tags

Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Veja Também

Fechar
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios