Invicto, técnico é demitido após empate com o Gama

Mesmo invicto no Candangão, de acordo com o presidente do clube, Luiz Carlos Alcoforado, foram os ?resultados insatisfatórios?

Kiara Mila Oliveira
[email protected]

Por meio de um telefonema do gerente de futebol do Brasília, Régis Carvalho, Marcos Soares foi surpreendido com a notícia de sua demissão  no comando do Colorado ontem pela manhã.

Mesmo invicto no Candangão, o motivo de sua repentina saída, de acordo com o presidente do clube, Luiz Carlos Alcoforado, foram os “resultados insatisfatórios” apresentados por Marcos.

Por telefone, o ex-comandante afirmou ter recebido a notícia com estranheza. “O time estava jogando muito bem, mas no futebol as coisas funcionam assim. Quem manda no clube é o presidente”, consola-se.

Alcoforado justifica a demissão como uma “mudança estratégica”, já que o time disputará três campeonatos simultâneos: Candangão, Copa Verde e Copa do Brasil. “O Marcos é tranquilo e civilizado. O time estava invicto, mas os resultados não eram bons e precisávamos tomar medidas.”

Marcos destaca que recebeu recebeu  proposta para atuar como auxiliar técnico em um clube da 1ª  divisão de São Paulo. “Não aceitei porque prezei o trabalho feito aqui e porque o meu foco é ser treinador. Agora, não sei como vai ser”, comenta. Quem assume a vaga no Brasília é Luiz Carlos Carioca, técnico que levou o Colorado às oitavas de final da Copa São Paulo de Juniores.

Fonte: Jornal de Brasília

Tags

Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios